Carlos Reis é Professor Catedrático do Grupo de Estudos Românicos da FLUC. Autor de vasta obra no domínio da literatura portuguesa do período moderno e contemporâneo e no da teoria literária – destaquem-se os seus estudos queirosianos, que o conduziram à chefia da equipa que se encontra a elaborar a edição crítica de Eça -, é neste momento reitor da Universidade Aberta. Coordenou recentemente um estudo sobre a internacionalização da língua portuguesa que servirá como texto de referência ao que se deseja venha a ser uma política de língua coerente e sistemática, ratificada ao mais alto nível do Estado português.

Carlos Reis deu recentemente uma longa entrevista ao Expresso, na qual se faz um levantamento de todas as questões implicadas pela difusão internacional do português, do acordo ortográfico ao crescente papel do Brasil no mundo (e, por implicação, no mundo em que se fala português), com especial atenção aos bloqueios e descontinuidades que desde sempre manifestou a política de língua em Portugal.

Uma entrevista de leitura obrigatória.