Uma girafa ágil
Pode matar o leão
Com seu pé de chumbo

(Suffit Kitab Akenat, Máximas mínimas. Um caminho para alguns, Lisboa, Novo Imbondeiro, 2005) – escritora, pensadora e activista natural da Eritreia.

Explicação do nome GIRAFA: a GIRAFA é um animal que só existe em África. Já tinham pensado nisso? É um animal que parece estranho: o maior pescoço do mundo, pernas altas e finas, pesa mais de uma tonelada, mas, quando a fêmea tem os filhotes, escarrapacha as pernas e as crias caem de uma certa altura, alimentando-se de vegetais (é herbívora, se bem se lembram, um animal daquele porte… a mãe-natureza tem cada coisa!). Mas não é um animal estranho, porque nada sob a lua – sob o manto diáfano da fantasia – é estranho, mas integrante do cosmos onde vivemos. Todos somos vizinhos, não propriamente irmãos, mas colegas de viagem neste foguetão multicolorido, multicultural, melhor sendo se intercultural.

No princípio, é assim:

dentro do Blogue dedicado aos Estudos Portugueses e Lusófonos, este é um espaço que se define como ponto de encontro para Jovens, Estudantes do Ensino Secundário, do Ensino Superior, Leitores, Curiosos, Cidadãos, Gente de Interesses Diversificados, Seja Quem For Que Vier Por Bem.

Tem como objectivo cativar as pessoas, sobretudo no campo cultural, para o tema de África, em geral, e da África relacionada com a Lusofonia, em particular.

Se este espaço puder ajudar a tirar dúvidas e a lançar outras, servindo como ponto de encontro de explicações cruzadas, onde todos aprendem com todos, onde todos cruzam opiniões e informações, a missão estará sendo cumprida.

Sejam bem-vindos!

 

Pires Laranjeira