No próximo mês de Novembro, estudantes e alguns professores de Estudos Portugueses e Lusófonos visitarão a exposição Weltliteratur. Madrid. Paris, Berlim, S. Petersburgo, o Mundo!, patente na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa. A exposição, pensada por António Feijó, professor da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, foi concebida pelos arquitectos Francisco e Manuel Aires Mateus (responsáveis por várias obras em Coimbra, por exemplo, a livraria Almedina Estádio).

A exposição foi concebida como uma viagem pela literatura portuguesa do século XX, ou pela ideia de literatura – uma «literatura do Mundo» – que se desprende da obra maior de Fernando Pessoa e seus camaradas de geração. Uma descrição da exposição, por José Mário Silva, pode ser lida aqui (do seu blogue extraímos também a foto que ilustra este post). O mesmo jornalista entrevistou António Feijó, entrevista cuja leitura se recomenda.

A visita está também aberta a estudantes de outras licenciaturas, bem como a estudantes de pós-graduação, que para tal terão apenas de contactar os coordenadores do seu curso ou mesmo os de Estudos Portugueses e Lusófonos.