gloss

No início era uma cidade com uma universidade muito antiga, da «família», digamos, da de Coimbra ou Salamanca. Depois, o topónimo usou-se associado a um modo de confeccionar a pasta: «à bolonhesa»… De há uns anos para cá, é um formato europeu de curso do ensino superior, quer na universidade quer no politécnico. Muito debatido no início do processo, depois menos, mas ainda hoje não inteiramente pacífico.

Com «Bolonha» vieram coisas novas e termos novos. Por exemplo: Avaliação da Qualidade, Créditos ECTS, Contrato de Estudos, Europass, Mestrado Integrado, Programa Sócrates-Erasmus, Unidade Curricular…

Agora, quem tiver dúvidas sobre estes termos mais ou menos mágicos – e quem as não tem? -, pode consultar, na página da Universidade Nova de Lisboa, um Glossário do Processo de Bolonha. É de aproveitar. E de saudar quem teve a ideia de o produzir e colocar na net.